terça-feira, 15 de março de 2011

QUE FIZESTE HOJE AMOR?

Deitada sobre o teu peito
Sinto nos meus seios,
O teu coração…
Arfando ritmado
Em sintonia
De pulsação…
.
Escuto o que dizes…
Palavras balbuciadas
Lânguidas, repercutindo em mim…
Como um fio de cristal
Que vais tecendo
Como um ritual…
.
Olho a tua boca…
Leio no movimento
Dos teus lábios
As palavras…
Perto,
Tão perto
Que respiro
A brisa perfumada
Que exalas
E que vem
De calor impregnada!..
.
Ficamos sem tempo…
Tu falas
Eu escuto
Boca na boca…
Meus olhos
Dentro dos teus olhos…
.
Sinto-me divinizada,
De estar em ti
Assim…
Tão aconchegada
Tão aglutinada
No teu corpo de jasmim!
.
02.03.2011

1 comentário:

Natalia Nuno disse...

Lindo, uma beleza este poema, fico sem palavras, apenas quero dizer-te que é sempre uma boa surpresa quando encontro poesia tua.

Beijinho amiga