terça-feira, 15 de março de 2011

Dispo o fogo escondido














Nas pálpebras dos teus olhos
dispo o fogo escondido
nas vestes
do meu trémulo sorriso
e alumio o teu olhar... pavio
com as fagulhas rubras
do meu corpo ébrio

em combustões lentas
incendeio-me nos teus braços
esquecida de mim

2 comentários:

casos e acasos da vida disse...

Belo com a subtileza das tuas palavras!
Beijinhos,
Marisa

Natalia Nuno disse...

Muito belo sim concordo.

Beijinho
Liliana