terça-feira, 14 de outubro de 2008

Perdi-me no tempo

Sentei-me à beira do tempo
Refúgio enquanto espero
Por um sonho, uma canção
Vi(vida) em jeito de canto

Sentei-me no seu telhado
Ouvi o som do vento
Brilhou numa estrela cadente
Lendas perdidas no tempo

Mas o telhado quebrou-se
Com o passar do tempo
Ruínas datam as histórias
Memórias vi(vidas)
Ao lado do tempo

Olhou para mim
Senti-me... vi-me perdida
No momento sem tempo...

Mª Dolores Marques

2 comentários:

Liliana Maciel disse...

Gostei desta tua reflexão linda, que fazes ao lado do tempo, nesse momento do tempo...sentindo-te perdida...


Beijinhos
Tudo de bom

AnaMar disse...

Se te sentiste perdida, é porque não tarda, encontras-te.
Beijo