quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Canção Amiga

As imagens
passam rápidas
e absorventes,
os campos verdes
os cavalos livres,
no
rio
o sol
nas
lágrimas
de olhos fechados,
o tentar não pensar,
o

na
garganta,

sei a urgência das lágrimas
em desespero
de libertação

sei a música
uma flor sempre amarela,
de uma amiga
uma canção.

AnaMar

4 comentários:

Haere Mai disse...

sei a urgência das lágrimas
em desespero
de libertação

Sei...sei e permaneci! Sei o significado da urgência do querer... sei o significado do não ter...sei o significado das lágrimas de desespero pela dor...gritada, abafada, humilhada, consentida e não ouvida. Fossem quais fossem os desencontros. Beijo azul...uma flor.

Liliana Maciel disse...

UI amiga, aí está uma verdadeira canção de amiga....

"de olhos fechados,
o tentar não pensar,
o

na
garganta,

sei a urgência das lágrimas
em desespero
de libertação"

Eu também sei o que isso é Aninhas....o querer e não ter, ou não poder...

Beijinhos
Tudo de bom para ti, aqui, lá e mais além

VÓNY FERREIRA disse...

As tuas palavras ressoam sempre com a serenidade de um vento discreto.
Lindo, Ana.
Beijoca
Vóny Ferreira

Tu Cá, Tu Lá disse...

Beijos e mais beijos para ti...

Saudades de ti por aqui

beijos
Dolores