quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Provei-te

Provei teu licor,
no amargo doce do entardecer.
Provei teu mel,
no doce amargo de ser.
Provei teu calor,
na doce ternura do sentir.
Provei teu odor,
no perfume amargo do trair.
Provei-te num todo,
no doce amargo de te querer.
Provei-te,
no doce imaginário do viver.

2 comentários:

®wahine disse...

Ola Antonieta
Fiquei feliz por teres aceite o convite.

Muito bem vinda a este espaço.

Em meu nome e de todos os contribuidores.

Beijo azul

Tu Cá, Tu Lá disse...

As surpresas estão sempre a aconteccer e boas por aqui

Beijo

Dolores Marques