quarta-feira, 18 de julho de 2012

Ainda virgem


Nasceu um sonho
Perpetuou-se num olhar baço

A mulher que sucumbiu a seus pés
A verdade que a faz ser mulher
Entre as mulheres
E única na sua vontade

Mulher de todos os tempos
Musa de todos os lugares
Fora de tempo
Ainda vive nesse esconderijo
Em busca do homem
Que diz ser seu
E a faça sentir-se
Dona do mundo
Que criou para si

Ter um sonho ainda virgem
A crescer no seu ventre


2 comentários:

PÈTALA disse...

Se o sonho nunca se apagar
Ele é eterno amor a renascer
Não dá conta do tempo passar
E no coração continua a viver!

Beijo
Pétala

Maria Gomes disse...

Olá amiga, muito linda está difinição de ser muher, lindo, beijinhos
Maria Gomes