domingo, 1 de maio de 2011

O Que Me Falta


Dupliquei a luz
acendi todas as velas.

Não me perguntem o que tenho.

Éramos tantos
já fomos tantos...

Faltam-me rostos
rostos com alma.
Faltam-me mãos
as mãos que amassavam e me deslumbravam.
Faltam-me braços
braços que sorriam
e me afagavam
e me adormeciam.
Faltam-me os olhos
que me agarravam e me seguiam
olhos que me reconheciam
única
entre tanta gente.

Não me perguntem o que tenho.

Perguntem-me
antes
o que me falta.


Marialuz

2 comentários:

casos e acasos da vida disse...

Gostei muito...
Caminhando pela vida...muita coisa se vai perdendo...muita coisa nos faz falta!...
Bj,
Marisa

Amanda Carvalho disse...

Nossa, muitoo lindo o texto, perfeito! É bem o que ando sentindo... Beijos e boa semana p vc, parabéns! (: